Traduza os textos do blog para seu idioma. Translate the blogposts to your language.
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Super

26 de mar de 2010

Depois de vários dias de observação, chegamos a uma conclusão de que há um novo ser com poderes além do normal entre nós. O apelidamos de Super-Hulk. Como vocês podem imaginar, é uma criatura com uma super-força.

Mas não vão achando que é algo ou alguém que veio para facilitar nossa vida, fazer o bem, salvar o mundo antes da hora de dormir! Nada disso! A criatura em questão é um vilão sorrateiro que tem como nêmesis a praticidade cotidiana. Sim, meus caros! Super-Hulk veio para atrasar as nossas vidas!

Começou com um freio-de-mão puxado além da conta. Inicialmente bastava um braço forte para soltá-lo, mas logo começamos a precisar de dois. Até que chegou o dia em que foi necessário chamar alguém mais forte para soltá-lo e - pasmem - o homenzarrão de 1,80m espremido no banco dianteiro de um carro, calibrado para uma delicada mulher de 1,65, também precisou das duas mãos para soltar o freio e possibilitar nossa saída.

Depois, veio o registro do chuveiro. Parece algo besta. Mas não é. A força empregada também foi aumentando gradativamente, até ser necessário recorrer a um alicate para abri-la. Imaginem que, agora, metade da caixa de ferramentas mora no banheiro da casa, para que seja possível abrir os registros fechados a mão-de-ferro.

Por fim, nesta tarde, deparamo-nos com um ataque à cozinha. A primeira vítima foi o vidro de mel, hermeticamente arroxado e ligeiramente lubrificado com o próprio conteúdo. O Super-Hulk começou a dificultar a tarefa.

E agora? Quais serão as próximas vítimas? Qual objeto do cotidiano terá seu uso dificultado? E mais importante: quem rachará o crânio deste ser malévolo que, com pequenas e sutis atividades, atrapalha os eventos corriqueiros do dia-a-dia desta família? #dramaqueen

*****
Sim, é um fato real "romantizado".
Sim, eu quero que crânios sejam rachados. É o tipo de besteira que, quando encaramos todos os dias, deixam de ser besteira.


Share/Bookmark

Rotina

25 de mar de 2010

Há mais de duas semanas que não vou à academia, por motivos diversos. Isso não devia atrapalhar minha vida, talvez só um pouco. Só adiar a conquista de uma barriga mais apresentável, mas eu não sou coelhinha da Playboy, não é meu corpo que paga minhas contas, então podia viver com isso.

Acontece que a quebra desse padrão acabou alterando todos os outros. Meus horários de sono estão esquisitos, meus horários de fome estão esquisitos, até as reações do meu corpo estão esquisitas. Hoje eu perdi a hora de uma forma fenomenal. Coloquei dois despertadores para tocar e, não sei como, ambos falharam. Só que eu sempre tive essa coisa: se tenho algo importante para fazer pela manhã, eu acordo automaticamente uma hora antes desse horário, não importa o quanto eu tenha dormido na noite anterior. Na manhã do vestibular, na última fase, no último dia de prova... O despertador não tocou. Mas eu acordei na hora certa, simplesmente porque sabia o que tinha naquela manhã. E ainda bem, porque meus pais e irmão estavam viajando e, tipo, era eu e eu mesma. Não tinha nem o calor infernal das manhãs pessoenses, porque estava me aproveitando da vida mansa e dormindo no quarto dos meus pais, que tem ar-condicionado.

Aí agora minha cabeça me vem com essa. Sei que preciso retomar aquele hábito de vida saudável, academia e frutinha de lanche, porque aparentemente meu corpo se acostumou com isso de tal forma que quando é "mal-tratado" fica desorientado. Mas qual é? Ele devia me dar um desconto! Estava sofrendo de amor numa semana e arranquei um dente na outra. Eu até que merecia...

(Ok, não tem desculpa para ontem: passei a tarde vendo O Outro Lado da Meia-Noite com minha mãe no Telecine Cult, perdi a hora da academia e tive que usar o resto para estudar.)

Retomando minha rotina saudável e acabando com esse post-desabafo-meio-bobo em 3... 2... 1...


Share/Bookmark

Espaço Experimental

22 de mar de 2010

O Espaço Experimental é um programa semanal feito pelos alunos do curso de Jornalismo da Universidade Federal da Paraíba, no Laboratório de Radiojornalismo, que tem como orientador e jornalista responsável o professor Carmélio Reinaldo.


O programa vai ao ar todos os sábados, às 9h da manhã, na Rádio Tabajara AM (1.110 kHz). Não tem rádio com AM em casa, não consegue acordar às 9h da manhã num sábado nem está com tempo disponível nas manhãs para ouvir o Espaço Experimental? Não tem problema! A blogosfera apresenta a solução: o programa agora tem o seu próprio blog!

Para ouvir a qualquer momento os programas que vão ao ar é só acessar o blog ou o podcast:


O primeiro programa a figurar no blog é a entrevista Trote, rito de passagem e juventude, que foi ao ar no último sábado (20/03). Em breve eu crio coragem e posto aqui no blog as entrevistas que fiz na minha época de Espaço Experimental. (Foi ano passado, mas parece que faz tanto tempo!)


Share/Bookmark

Camisinhas Testadas (1)

21 de mar de 2010

Fui uma das 100 ganhadoras do concurso Testadores da Prudence, blá blá blá, whiskas sachê. E estava com essa idéia desde o carnaval, que é uma boa época para se falar de camisinha, mas acabei não escrevendo. Então agora resolvi fazer minhas observações a respeito das tais.

Se bem que hoje é domingo e já vi um criatura que conheço dando piti porque domingo era dia de ficar com o namorado (com termos bem chulos, mas eu sou uma lady) e naquele ele estaria ocupado e não poderia dar atenção à ela. Pra mim, qualquer dia é dia, mas já que tem gente que acha que o dia é domingo, vou aproveitar este e cumprir meu papel como testadora.

  • A wave foi a primeira que testamos. Ela possui ondulações ao longo do corpo, que deveriam proporcionar maior prazer à mulher. Acontece que, às vezes, as ondulações podem arranhar, então recomendo manter algum lubrificante por perto. Para nós, ela foi confortável, embora um pouco estranha, mas não tanto quanto...

  • ... a frisson. Como a embalagem dela é parecidíssima com a Fire (que teoricamente esquenta), achei que ela fazia o efeito oposto: esfriava. Aí peguei meus óculos e fui ler o que ela realmente faz. A ponta dela é mais larga e supostamente tem o formato em espiral, com o objetivo de ser mais prazeroza para homens e mulheres. Achei um pouquinho desconfortável na primeira vez. Para o homem, fica confortável, mas tira um pouco da sensibilidade.

  • Começamos a testar a "salada de frutas" então. Em meio à piadinhas, escolhi a de maracujá. Achei muito, muito divertido, porque ela é colorida! As camisinhas "com sabor" tem cores correspondentes às da embalagem. Essa é verde clara, tem um cheirinho suave e muito gostoso. Depois a gente ficou se indagando se tinha gosto...


  • ... e com a amarelíssima camisinha de banana eu concluí que não. Fiz um verdadeiro teste do Inmetro com ela. Estava sem fazer nada aqui em casa, um dia e resolvi abrir uma para ver como era. Desenrolei, estiquei, puxei, cheirei, provei, enchi de água, esvaziei, enchi de ar, tentei amarrar, não consegui... Enfim! Descobri que elas não têm gosto e são bem resistentes. Achei o cheirinho artificial de banana um pouco enjoado. Agora que não teria objetivos maiores com a camisinha, notei também que não tem nem sombra daquele cheiro ruim do látex. Ponto muito positivo.

  • A de morango não me agradou, por causa do cheiro forte de geléia de morango. Me lembrei de um episódio de House MD. Mas como eu tinha objetivos maiores, relevei. Sim, ela é vermelha. Bem vermelha.

  • A de chocolate, de um marrom claro, foi a que me surpreendeu. Achei que iria odiar o cheiro. Aroma artificial de chocolate costuma me deixar fisicamente enjoada. O da camisinha, no entanto, era delicado e facilmente ignorável. Mas, uma vez vestida, o cheiro de todas elas é.





O melhor da Prudence é que todas as camisinhas são muito bem lubrificadas. Quando der coragem, faço outro post, avaliando mais algumas.


Share/Bookmark

Tarot

16 de mar de 2010

Aí eu estava dando aquela enrolada básica pós-almoço, que voltar assim, de supetão, para os livros é querer demais da minha pessoa, e fui checar a timeline de amigos no twitter, quando me deparo com esse link, para descobrir o arcano pessoal, divulgado por @witchris, do Desoriental.

Não sou muito crente nessas coisas, mas fui lá. Acho divertido e às vezes aparece umas coisas que têm a ver. Então, inserindo meu nome completo, descubro que meu arcano pessoal é A Temperança:


Acontecimento marcante a nível psicológico aos 14 anos;
Moderação e ponderação;
Espírito indagador;
Ciência e tecnologia podem atrair vc;
Motivação pessoal;
Precisa trabalhar sua parte emocional conflitos;
Sempre precisa esperar;
Natureza íntima elétrica;
Deseja ver coisas diferentes;
Poder de cura pelas mãos ( Reiki, Cristais, Passes Magnéticos,   etc);
Inconformismo;
Transforma os ambientes por onde passa;
Mente aguçada;
Deseja clareza por parte dos outros;
Sintonizado com as tendências mundiais;
Amigo(a) e participativo(a);
Relações afetivas tem sucesso se baseadas na amizade mútua;
Luta pela liberdade;
Quer alçar vôo e atingir o alto;
Comportamento às vezes utópico;
Telepatia;
Quer experimentar coisas novas;
Precisa estipular metas;
A saúde pode ser muito testada;
Princípios firmes;
Sensibilidade a sons;
Apreciador de uma boa música;
Quer agradar a todos;
Observação;
Não pode estar preso a dogmas ou doutrinas;
Funcionalidade;
Inventividade;
Cooperativismo;
Pode cuidar ou assumir a responsabilidade de alguém doente na   família;
Confronto de idéias;
Teimosia em relação às suas idéias;
Deseja superar-se nas tarefas;
Incondicionalidade;
Atenção à área neurológica, muscular, glândulas, próstata, cabeça e pressão;
Apartidário;
Segue sua cabeça e é seu líder;
Cuidado com a intolerância.
Para os que me conhecem: e aí? Acham que teve algo a ver? E qual foi o seu arcano? Please, tell me. ^^

P.S.: Estou devendo respostas de e-mails. De muuuitos e-mails! Mas esta semana darei um jeito nisso!


Share/Bookmark
Related Posts with Thumbnails